Legal Notícias

Us $1,2 M de Liquidação de Escolas que "Passou no Lixo" e Cobertos Até o abuso Sexual de Estudante

Jan 19, 2018 @ 15 : 41 pm

Em uma questão que tem sido recentemente reconhecidos nacionalmente, nas notícias, e está levando o debate em Nova Jersey, reformando a legislação sobre o relatório das ações de professores e educadores, o parceiro de John M. Vlasac Jr. alcançou us $1,2 M para o nosso bebê cliente que foi violentada sexualmente por um professor em um condado de Somerset escola.

Nosso cliente foi o de uma aluna de frequentar a primeira classe em um condado de Somerset escola quando ela foi agredida por seu professor. O professor tinha sido contratado apenas algumas semanas antes de o sujeito início do ano letivo e anteriormente era titular no norte de jersey escola. Enquanto lá, a prova foi trazido de que este para o norte de jersey escola tinha várias reclamações sobre as interações que esse professor teve com muitos alunos, que foi tão longe a ponto de levar a uma extensa investigação NJ Divisão de Juventude e Serviços Familiares. Apesar de esta investigação e a continuação e a multiplicação de reclamações sobre o professor de física da interação com jovens estudantes do sexo feminino, bem como suas próprias declarações aos supervisores que ele "não pode parar", este para o norte de jersey escola não fez nada de mais na primeira do que para reter o seu aumento de salário. Foi só depois de mais de pressão foi aplicada pelos pais e outros professores, no norte de jersey escola que o professor foi rescindido a partir de emprego naquela escola. Na conclusão da relação entre, disse o professor e a escola, no entanto, não houve relato de suas ações inapropriadas para os alunos para o Estado de Nova Jersey. Na verdade, o professor foi autorizado a demitir-se sob a capa de um acordo entre a escola e o professor que, essencialmente, afirmou que a eles não divulgar qualquer de seu passado de problemas na escola para qualquer pessoa que pode chamar a respeito de seu emprego ou de uma referência enquanto ele não buscar outras posições dentro do que os Norte-Jersey município. Esta ação é o que a ABC News e o NJ Star Ledger chamado de "Passar o caixote do Lixo." Um dos poucos tipos de pesquisas que NJ lei requer que as escolas executar na perspectiva de professores é uma verificação de antecedentes criminais que, neste caso, não revelaram nada sobre esse vil professor, que agora está servindo de 15 anos de prisão por ter abusado de várias meninas que foram para a frente do norte jersey escola e, do mesmo Condado de Somerset escola onde o nosso cliente foi agredido. O sr. Vlasac, no entanto, foi capaz de descobrir e fixar a evidência de que o condado de Somerset escola fez nada, mas a sua diligência ao contratar este professor, apesar de ser contactado por um pai da professora, ex-north jersey empregador, alertando-os para as questões que o professor tinha enquanto trabalhava na escola. O Condado de Somerset diretores de escola ignorado falhas óbvias do professor credenciais, como não tendo uma única referência a partir de qualquer outro professor a partir de sua antiga escola, ou qualquer pessoa em um papel de supervisão da escola, onde ele foi titular.

Como resultado da negligência e menos escrupuloso ações do antigo norte de jersey escola e o negligente, se não a conduta irresponsável de Somerset escola, o nosso bebê cliente foi injustiçado no mais pessoal das formas. Em face de todo o exposto evidências de que o Sr. Vlasac foi capaz de descobrir, ambos os réus negaram as acusações e arrastou o assunto para 5 anos, mesmo indo tão longe a ponto de negar o incidente nunca ocorreu. No interesse de poupar nossos jovens cliente os rigores e potencialmente prejudiciais mental repercussões do julgamento, o assunto foi resolvido por us $1,2 milhões, e aprovado pelo tribunal, como justo e correto. O nosso cliente agora tem os fundos para quaisquer necessidades futuras ela pode ter.

Parceiro De John M. Vlasac, Jr.

Compartilhar com:
×

Social Comentários